quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Portel: Promotor de Justiça recomenda que o prefeito Maranhense demita parentes!

Bem que esse título devia ser: Promotor de Portel recomenda que o prefeito da cidade lembre-se que a prefeitura não é a casa dele!



Portel 


Ops! 
Não foi bem isso. 
Mas foi quase.

Vamos aos fatos: 

A Promotoria de Justiça de Portel, no Marajó, através de seu titular Tiago Sales Boulhosa Gonzalez, emitiu uma recomendação ao prefeito do município, Manoel Maranhense que cesse com a prática de nepotismo verificada nos quadros do município e persiga a moralidade administrativa e a ética.  


prefeito de Portel
Maranhense

Recomendou ao prefeito eleito no último pleito Manoel Maranhense (PSC)que exonere todos os parentes e “aderentes” do prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, procurador-geral do município e vereadores.





Importante neste caso, a Prefeitura de Portel tem 20 dias para cumprir. Quem está enquadrado na recomendação? Os  ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou função gratificada, que sejam parentes consanguíneos em linha reta ou colateral, ou por afinidade, até terceiro grau. 
Espia!



Ainda recomendou que o prefeito não nomeie pessoas com quem tenha parentesco com o prefeito, ou mesmo com o vice-prefeito, com secretários municipais, e ainda,  Procurador-geral do município e Chefe de Gabinete e qualquer outro cargo comissionado da Prefeitura de Portel.






Que rescinda os contratos realizados por tempo determinado com as pessoas que possuam esse grau de parentesco.







O promotor Tiago Sales Boulhosa Gonzalez esclarece para o prefeito que  "a prática do nepotismo, que é caracterizado como beneficiar parentes para o preenchimento dos cargos e funções públicas,  não é  compatível “com o conjunto de normas éticas da sociedade brasileira e pela moralidade administrativa”.

Tiago Sales Boulhosa Gonzalez
promotor de justiça do Pará 





O processo todo deverá durar 30 dias, por que o promotor também pede ao prefeito que encaminhe cópia dos atos de exoneração e rescisão contratual, bem como, a declaração sobre os demais servidores esclarecendo a se possuem ou não parentesco consanguíneo - no prazo de 10 dias  do cumprimento da recomendação.


O gráfico abaixo nos ajuda a entender quem pode ou não ser contratado e como identificar situações em que a administração pública pode incorrer em nepotismo.


Imagem: CJU

Existem algumas brechas na lei, Contudo, há limites para garantia do princípio da impessoalidade na administração pública.

Vamos acompanhar.

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Tucuruí: caso Jones Willian foi morto a mando do vice Artur Brito (PV) e divulga foto do suposto assassino

Passados 15 dias da morte do prefeito O prefeito de Tucuruí (PA), Jones William da Silva Galvão (PMDB), ainda não há resolução do crime. Contudo, existem avanços como a identificação de fotos do suposto executor divulgado pelo blog Fala da Pólis.



A foto do suposto
suspeito da execução do prefeito
  

Contudo, a polícia civil está trabalhando. Por outro lado, multiplicam-se notícias, boatos e teses. O delegado Delegado Geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino que comandou a operação de prisão do acusado de  assassinato do prefeito de Breu Branco supôs que, considerados os demais crimes contra agentes públicos, os mandantes estavam no velório e choraram. 






No município causou certa estranheza que após a morte do prefeito o Secretário de Finanças de Tucuruí tenha entregado a pasta, assim como toda a equipe responsável pelas Licitações e ainda os Procuradores do município – novos nomes assumiram.  




  





A partir de ontem começaram a circular em blogs e grupos de WhatSapp que o responsável seria o vice- prefeito Artur Brito (PV).  Diante disso temos duas possibilidades igualmente terríveis: a primeira é de grave atentado à democracia, no caso de confirmada essa informação. A segunda é dano irreparável a pessoa ao homem e ao político Artur Brito.  E ainda tem quem aposte que a divulgação da notícia antes da prisão dos acusados poderia comprometer as investigações e o efetivo cumprimento da justiça.






Tucuruí tem 108 mil habitantes, abriga a Usina Hidrelétrica de Tucuruí, a maior usina 100% brasileira, com capacidade geradora instalada de 8.370 Megawatts (MW). Dentre os recursos recebidos pelo município estão os royalties referentes a   Usina Hidrelétrica. Com orçamento considerável uma das apostas é que a morte do prefeito tenha como motivação essa questão econômica.



A cidade alterou seu ritmo e espera o desfecho do caso.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Eleições 2018: Dados seguem rolando no Pará dentro da Estrutura do Governo Federal

Enquanto o governo de Michel Temer segue firme destruindo o país e o tornando cada vez mais desigual - em terras parauaras as ações do possíveis candidatos a governador também seguem firmes bailando com a máquina federal. 


Qualquer olhadinha rápida nas redes sociais nos apresenta os movimentos. Abaixo o nosso senador petista, Paulo Rocha entrega dos caminhões coletores de lixo em Marabá, governado pelo PDT de Tião Miranda. 



Não é preciso que eu gaste muito o meu francês mocajubano. Vejam o que ele diz: 


"Boa tarde companheirada, na manhã desta sexta-feira, 4 de agosto, fizemos a entrega de um caminhão coletor de lixo ao povo de Marabá, município localizado no sudeste do nosso Estado.


"A entrega aconteceu na Secretaria de Obras da Prefeitura local, com as chaves do equipamento sendo repassadas ao prefeito de Marabá, Tião Miranda (PTB).
Também presentes ao ato, os deputados estaduais do PT Airton Faleiro e Dirceu Ten Caten, que mora e tem atuação política naquele município.


À tarde, às 16h, vamos ao município de Xinguara, participar da cerimônia de posse do PT local, Ato em Solidariedade ao ex-presidente Lula e Discussão da Estratégia 2018, evento a ser realizado na sede da Câmara Municipal de Xinguara.

Antes, vamos entregar outro caminhão coletor de lixo, desta vez à Prefeitura de Eldorado dos Carajás, ao prefeito Célio Boiadeiro (PMDB).


Os equipamentos que estão sendo entregues são fruto de emenda parlamentar de bancada. Cada parlamentar da bancada paraense (deputados e senadores) teve direito a indicar municípios a receberem caminhões, caçambas e lanchas."


Hum?


Dentre eles está o prefeito Tião Miranda, da base do governador Simão Jatene (PSDB) e que deve alinhar-se ao candidato ou candidata que o ninho tucano está tentando trazer para o terreiro das eleições.



Pois bem. Faz parte da urbanidade da república esse trança-trança de lideranças, partidos, e o proselitismo. PT e PMDB, ex-aliados ainda magoados uns com os outros por conta do "golpe" na presidência da república.  Mas seguem como irmãos, que brigam, brigam. E no final, fica naquela base do menino catarrento que dizem um para o outro. - "Foi tu! - Não fostes tu primeiro! E seguem irmanados. 



Paulo Rocha (PT) quer concorrer ao governo do Pará e Helder Barbalho já nasceu querendo. Coitado desse-zinho. O pessuár dele estava lá Câmara Federal votando alinhadinho com o vampirão (ops!!) - Michel Temer. Assim o meninozinho segue como Ministro e pode continuar o trabalho que já fazia na Era Dilma, trazendo bens públicos, recursos e obras para o Pará. 

Oh!! gente boa de dança!! Dança com qualquer par.



Na ala do PMDB, as mesmas emendas 


É significativo que, são as mesmas emendas que a bancada trouxe para o Pará. E cada um faz seu "comercial de margarina" junto as suas bases e com os demais. Helder Barbalho está em Castanhal reunindo uma leva de prefeitos e prefeitas (33, se o parâmetro for o número de caminhões) para fazer aquela festança e manter-se junto aos eleitores, lideranças, agentes públicos e etc.

E segue o andor!

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Tucuruí - Alexandre Siqueira publica nota informando encerramento de contratos com a prefeitura de Tucuruí

Alexandre Siqueira
Reprodução


Alexandre Siqueira representa um grupo que hoje possui vários contratos com a prefeitura de Tucuruí (PA). Veja a nota abaixo.


NOTA DE ESCLARECIMENTO
O Grupo Siqueira vem, através da presente nota, esclarecer a decisão de pedir o distrato de todos os contratos firmados entre as empresas do grupo e a Prefeitura Municipal de Tucuruí. Vale ressaltar que nos 12 anos de existência, o Grupo Siqueira sempre pautou a sua trajetória nos pilares da legalidade e moralidade, gerando muitos empregos na região e colaborando para o desenvolvimento da cidade, além disso, sempre honrou seus contratos e compromissos respeitando acima de tudo o ser humano, seja colaborador, ente público ou contratante. E por isso mesmo, depois da morte brutal do prefeito de Tucuruí, Jones Willian, que eu Alexandre Siqueira, que o tinha como um irmão, passei a refletir sobre a inversão de valores que vem ocorrendo em nossa cidade, onde o dinheiro e o poder passa a valer mais que a vida. Quando Jones iniciou sua caminhada rumo ao Governo de Tucuruí, sonhamos juntos o melhor para nossa cidade, para nossa gente e queria ajudá-lo a realizar o sonho de transformar Tucuruí em um lugar melhor para se viver, mas infelizmente meu amigo teve a vida interrompida de forma covarde e brutal. Diante disso, tomei a decisão de resguardar a integridade, a vida da minha família e a memória do meu grande amigo Jones Willian. Acreditava nos projetos e no que ele havia pensado para esse governo, assim como a trajetória dele foi encerrada, também interrompemos aqui a nossa diante dos trabalhos desenvolvidos junto a Prefeitura, por acreditar que precisamos desse tempo inclusive para nos recuperar e tentar amenizar a dor de tamanha perda.
Por fim, esclareço que em respeito aos nossos colaboradores e a população, o Grupo Siqueira continuará desenvolvendo suas atividades em Tucuruí por mais 30 dias, prazo que consideramos suficiente para que a prefeitura possa contratar novos prestadores de serviço.
Na certeza de que tomamos a decisão correta, agradeço a todos que sempre estiveram ao nosso lado e colaboraram para fazer do Grupo Siqueira essa grande família. Nos solidarizamos com a dor dos familiares e amigos do prefeito Jones Willian e esperamos que seja feita justiça ao meu grande amigo.
Atenciosamente;
Grupo Siqueira

***

Alexandre Siqueira é sócio de um conjunto de empresas que prestam serviços a prefeituras e que estavam sendo alvo de investigação pelo Ministério Público do Pará (MPE) - tendo levado o órgão a pedir o afastamento do prefeito do cargo por conta de atos de improbidade administrativa, na medida em que fez dispensas indevidas de licitações em benefício de Alexandre. Além do afastamento do cargo pedia a suspensão dos direitos políticos, a indisponibilidade dos bens dos requeridos, assim como o ressarcimento aos cofres públicos.

Veja mais sobre o caso aqui.



Partido Social Democrata em Breu Branco sofre intervenção

O fatos a que se refere a nota estão aqui.

Sexta-feira de muita zigzira: polícia civil do Pará prende suspeito de assassinar o prefeito de Breu Branco

Diego Kolling - Prefeito de Breu Branco assassinado

A polícia civil divulgou prendeu o acusado de executar o prefeito de Breu Branco, Diego Kolling, conhecido como Diego do Alemão,  enquanto pedalava de bicicleta na  Rodovia PA-263, que liga Tucuruí a Goianésia no dia 16 de maio de 2017.  


mapa-montagem\políciacivil-pa

Na madrugada de hoje uma grande operação foi estruturada para elucidar o crime sob o comando direto do delegado geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino que  coordenou a operação de cumprimentos de mandados de prisão, buscas e apreensão e condução coercitiva. Foram 40 policiais, entre civis e militares, participam das ações, tanto na área urbana quanto na zona rural de Breu Branco.

preso não identificado - foto: Mara Silva via Facebook


Os presos foram encaminhados à cidade vizinha de Tucuruí e chegaram por volta das 10 horas. No total foram quatro pessoas presas e muitos objetos apreendidos.

Prisão de acusados 
Foto: PacoMartins

Prisão dos Acusados
Foto: SistemaFloresta
 
acusado da execução
foto: ParáUrgente

Ricardo Chegado, presidente do Partido Social Democrático (PSD) do município de Breu Branco, foi preso após ser apontado como um dos mandantes do assassinato - diz a polícia civil do Pará. Ricardo foi o coordenador da campanha do deputado federal Éder Mauro (PSD) no município. 

O acusado da execução Antônio Moura, de 40 anos, é  conhecido em Breu Branco por "Lelo do Batata" e já teria confessado o crime e apontado o mandante.  Também teria dito que pelo menos 6 pessoas estão envolvidas no crime - dentre as quais, Jorge Damasceno e o Secretário  de Agricultura de Breu Branco, Marcos Paulo.

Ricardo Chegado - apontado com mandante do assassinato

Ao repórter Paco Martins, no entanto, o acusado da execução teria negado que tenha cometido o crime e aponta a esposa com testemunha álibi. Contudo, o delegado que comanda a operação informou que o executor confessou o crime e apontou  Ricardo Chegado como mandante - que foi preso em uma fazenda na zona rural de Breu Branco. 


Ricardo Chegado participou ativamente da campanha de Diego Alemão no município - cabe a polícia explicar em que momento Diego do Alemão e Ricardo Chegado desentenderam-se. 



Atualização: O delegado responsável pelo caso informou que a motivação foi político-econômica. Ricardo Chegado é empresário no município e concorrera em uma licitação para prestação de serviços de transporte escolar à prefeitura de Breu Branco tendo ganhado a disputa. Contudo, o valor tornava o serviço inexequível. Diante disso, teria proposto ao prefeito que o contrato fosse apenas formal. Ou seja, que recebesse sem executar de fato o serviço - procedimento usual da bandidagem política do Pará. Mas o prefeito Diego do Alemão teria se negado a fazer a atender os pedidos de Ricardo e cancelado a licitação.


Diante disso os dois desentenderam-se e Ricardo Chegado teria então arquitetado a morte de seu correligionário de partido.


quinta-feira, 27 de julho de 2017

Tucuruí-Polícia civil divulga retrato-falado de suspeito de matar o prefeito

retrato falado

Já está disponibilizado pelo  Sistema Integrado de Segurança Pública o  retrato-falado do suspeito de atirar e matar o prefeito de Tucuruí, Jones William, no último dia 25. A imagem é resultado do trabalho da  Diretoria de Identificação da Polícia Civil a partir das informações das testemunhas. 



Informações sobre o suspeito podem ser repassadas de forma sigilosa e gratuita ao fone 181, o Disque Denúncia. As investigações sobre o crime continuam sob coordenação da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Pará.

Itupiranga - Manuel Índio de Arruda e Maria da Luz Fernandes da Silva são assassinados

Muitos jornais, blogs e portais noticiam que  um casal de trabalhadores rurais foi assassinado em Itupiranga (PA). As manchetes poderiam ser mais assertadas se todos soubessem da verdade dos fatos. 

Resultado de imagem para itupiranga + casal assassinado
Faixa no Local - ReproduçãoInternet

Elas deveriam versar sobre o cumprimento das ameaças de morte levadas a cabo no Pará. 


Sim. Pois e acordo com a Comissão Pastoral da Terra (CPT) as vítimas estavam numa lista de ameaçados para morrer há algum tempo. 

o casal - reproduçãointernet



Todos sabiam. 
O casal sabia. 
O Estado sabia.

O assentamento Uxi, no município de Itupiranga, estava em conflito a algum tempo. Contudo a impressão geral é que violência ganhou licença para matar. 


As estatísticas crescem e a sociedade boquiaberta ainda não sabe o que fazer. 
Os tipos de conflito diversificam-se e é possível perceber o latifundiário matando o camponês e o camponês matando camponês. O comum em todos os casos é a exacerbação  da violência. 

Depois de um longo histórico de conflitos o casal foi encontrado morto no sítio "Mogno do Índio", onde vivia, localizado no Projeto de Assentamento UXI, às margens da Vicinal São Sebastião, a aproximadamente 30 quilômetros do centro de Itupiranga. 




Tucuruí - Artur Brito (PV) assume a prefeitura após falecimento do titular



Artur Brito (PV)  no velório de Jones William
 reproduçãointernet

Artur Brito assumirá a partir de hoje a prefeitura de Tucuruí (PA), após a morte do prefeito Jones William (PMDB) e hoje correm os proclames da transição. 

A dupla elegeu-se com apoio da frente PMDB, PT, PP, PV, DEM, PRB, REDE, PHS, PMB , PRTB , PC do B, MUDAR PRA SER FELIZ, que obteve 31,268 votos, 53.50% do total.


Artur tem 32 anos, empresário, casado e militante do Partido Verde (PV). A partir de hoje dirigirá  a cidade que abriga a Hidrelétrica de Tucuruí e conta com mais de 100.000 habitantes, gravíssimas contradições sociais e um histórico recente de escândalos  ligados a gestão dos recursos públicos. E ainda, a sensação de insegurança exponenciada pela morte brutal do prefeito. 

Tucuruí- Imagem G1


Artur administrará a cidade que representa o oitavo maior PIB do Pará e conta com renda per capta de 28. 012,02. Não é um, dois ou três mil reais, minha gente !!! São mais de 28 mil reais. Para fins comparativos, Mocajuba (PA), no nordeste do Estado, tem PIB per capta de 7.570,36 reais.  Indubitavelmente, Artur terá para administrar  uma cidade rica. 


Ao passo que a falta de equipamentos e serviços públicos coloca a população com menor renda em situação grave de subalternização e sofrimento, e tem aumentado cada vez mais a marginalização e a violência. Ou seja,  Artur Brito, assumirá uma cidade marcada por profunda desigualdade. Herdará as mazelas do descompromisso com a gestão do território que também tem prejudicado desenvolvimento econômico local fazendo dela uma cidade com graves indicadores de insustentabilidade. Também herdará os os avanços que Jones Willians conseguiu nos últimos meses como o enxugamento da folha de pagamentos do município. 

Artur Brito enfrentará gravíssimas contradições sociais que impõem desafios a sustentabilidade humana, política, social, ambiental, cultural, estética e ética. 


No plano da gestão, há uma tensão interna natural diante da expectativa de mudanças na composição do governo e uma provável alteração de postos. Artur Brito terá que reacomodar os interesses internos. 




terça-feira, 25 de julho de 2017

Prefeito de Tucuruí Jones William (PMDB) ´morre após atentado

prefeito de Tucuruí


Lamentávelmente,  mais um prefeito assassinado no Sudeste Paraense, depois do prefeito de Goianésia e  de Breu Branco,  Jones William (PMDB), o prefeito de Tucuruí, sofreu um atentado na tarde desta terça-feira (25), foi atendido no Hospital Regional da cidade,  mas não resistiu e faleceu.


As testemunhas relatam que ele estava na estrada que liga a cidade ao aeroporto, realizando uma vistoria de rotina quando dois homens em uma moto o abordaram e atiraram várias vezes atingindo a cabeça do prefeito.
Uma equipe da Divisão de Homicídios da Polícia Civil foi deslocada de Belém para dar apoio nas investigações do caso. O volume de tiros disparados e a forma de abordagem sugerem execução. 

Tucuruí-local do Crime


Jones William era enfermeiro, foi militante do Partido dos Trabalhadores quando se elegeu vereador. Ele deixa mulher e quatro filhos.

Jones William foi eleito prefeito com 53.50% dos votos válidos em uma disputa acirradíssima.  Era investigado pelo Ministério Público Estadual, que havia pedido seu afastamento por improbidade administrativa, pois segundo o MPE, é suspeito de direcionar contratos e licitações para um empresário local.


Jones William contrariou muitos interesses na cidade dos royalties da energia em uma região onde a política é operada com base em métodos profundamente violentos em todas as dimensões.

Restou um chapéu ensanguentado no chão. A sensação de impotência da sociedade e a certeza de que é preciso pensar a violência do Pará de forma urgente. 

E é preciso indagar, afinal, quem o matou? 


o chapéu  e o rastro da violência


quarta-feira, 31 de maio de 2017

Cidade em Movimento: Mocajuba recebe a seletiva dos JEPS.

Pois é, amigos.





Foto:Maria Gabriela (Igarapé-Açu)

Diante de tanta notícia ruim para os jovens de Mocajuba, a seletiva cai-nos como um bálsamo. Ocorre daqui a pouco, a abertura dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps), no Ginásio Poliesportivo Irmã Vieira - a "quadra".



O centro da cidade está em movimento – o evento ocorre ás 08h00min horas e traz grande traz esperanças. Além de Mocajuba, Moju Breves, Maracanã, Santa Izabel, Igarapé-Açu e Marabá recebem as regionais.  





Foto: Neto Wanzeler
ReproduçãoFacebook
atualização


São aproximadamente 26 mil alunos e alunas de 138 escolas do estado do Pará que participam da 59ª edição dos Jogos Estudantis Paraenses 2017 (Jeps). O evento organiza-se em modalidades coletivas: Vôlei, Futsal, Handebol e Basquete Masculino e Feminino, e nas modalidades individuais - Tênis de Mesa e Xadrez, na categoria A, de 12 a 14 anos, e B, de 15 a 17 anos.



Os JEPS são realizados pela da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), há 59 anos, mais especificamente pela Coordenadoria de Esporte e Lazer (NEL) em parceria com entidades educacionais e desportivas e as prefeituras municipais.  




O vereador Marcos Lopes, professor de Educação Física no município, tem participação direta nos jogos há muitos anos e entusiasta da dinâmica do papel do esporte na formação dos jovens. Ontem o encontrei todo animado pelas ruas da cidade a “serviço dos JEPS.





Trata-se de um momento importante no desenvolvimento e na carreira dos atletas. Os alunos e alunas que se destacarem representarão o estado do Pará no maior evento esportivo estudantil do Brasil - os Jogos Escolares da Juventude, que acontecem anualmente - promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) em parceria com o Ministério do Esporte e apoio do grupo Globo. 
"Veja bem, meu amigo, a consciência é um orgão vital e não um acessório, como as amígdalas e as adenóides."(Martin Amis)

Leitores do Amazônidas por ai...


localizar